Famílias despejadas acampam Centro da cidade

familiasA ordem de reintegração de posse de um antigo hotel, localizado no Centro da capital sergipana, já acabou. O prédio foi vistoriado e lacrado, mas o problema permanece a poucos metros do local, onde cerca de 20 famílias estão acampadas porque alegam não ter para onde ir. As famílias estão no trecho da rua de Capela com São Cristóvão, no local o trecho foi totalmente bloqueado, impedindo a circulação de veículos

De acordo com a coordenadora do Movimento dos Trabalhadores Sem Direitos Garantidos (MTSDG), Elisângela dos Santos, o impasse e descaso, em relação às famílias ainda ficarem ocupando as calçadas do Centro foi gerado pelo curto prazo para procurarem imóveis para alugar.

“Essas famílias tiveram apenas cinco dias para procurarem os imóveis. Infelizmente não deram a chance de relocar essas pessoas para um galpão até que elas pudessem encontrar um local para alugar. Estou muito preocupada porque são crianças que ficaram a noite ao relento, em meio a chuvas, correndo riscos”, desabafa.

Para a massoterapeuta, Rosana Vitória Santos, ficar com os móveis na rua e ter que dormir em uma calçada representa o descaso do poder público.

“Eu sou uma pessoa que tenho uma profissão, mas estou aqui em busca de uma casa. Estou batalhando pela minha vida, para ter uma vida melhor. Meu sonho é poder abrir um local para que possa trabalhar como massoterapeuta. Sei que estamos nessa situação, mas não porque queremos. Antes de vim para cá morava com meus pais, mas a casa ficou pequena. Cheguei a fazer pedagogia em uma faculdade, mas tive que abandonar. Meu sonho não é morar na rua”, fala.( Fonte: Infonet)

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com