Oficinas ambientais promovidas pela Codevasf

codevasfA Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está promovendo oficinas ambientais no Baixo São Francisco sergipano. Já foram alcançados pela iniciativa 65 jovens da zona rural dos municípios de Pacatuba e Japoatã. A ação, que está inserida no Programa de Educação Ambiental dos Perímetros Irrigados, é executada em parceria com o Projeto Amanhã, iniciativa social da Codevasf que tem como objetivo capacitar jovens com idade entre 14 e 26 anos.

As oficinas ambientais visam sensibilizar jovens da zona rural sobre a importância do uso consciente dos recursos naturais e dos meios de produção, alertando também sobre suas responsabilidades em relação ao meio ambiente. O tema é abordado por meio de várias técnicas de ensino que buscam facilitar o processo de aprendizagem dos participantes, como dinâmicas de grupo, discussões e debates, e também materiais informativos distribuídos. Poluição da água, utilização de agrotóxicos na agricultura e reflorestamento foram alguns dos temas enfocados nas oficinas já realizadas.

Deisilene Santos de Lima, aluna da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas e participante da oficina ambiental realizada na última segunda-feira no povoado de Ladeirinhas, município de Japoatã, elogiou a ação e disse ter ficado muito satisfeita. Foi uma tarde diferente, com várias dinâmicas, em que aprendemos sobre reciclagem e outros temas importantes. Eu descobri muitas coisas novas e também percebi que muitas coisas que eu achava que eram certas, na realidade não são. Seria ótimo participar de outras oficinas como essa, declarou a estudante.

As duas primeiras oficinas foram realizadas no povoado Ponta de Areia, em Pacatuba, e no acampamento Maria Lindaura, em Japoatã. No dia 25, deverá ser realizada uma nova oficina na Escola Família Agrícola de Ladeirinhas, em Japoatã, para cerca de 20 estudantes. A execução de um programa de educação ambiental continuada por parte da Codevasf é uma das exigências do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) inseridas nas licenças ambientais dos perímetros irrigados Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume.

O superintendente regional da Codevasf, Said Schoucair, reforça que a empresa tem se engajado cada vez mais na conservação do meio ambiente. Recentemente doamos ao Governo do Estado uma área que irá praticamente triplicar a Grota do Angico, aumentando a área de preservação da Caatinga. E a Codevasf também integra outros projetos com instituições parceiras para a recuperação de nascentes e o plantio de mudas no Baixo São Francisco, afirmou o superintendente.

Segundo a coordenadora do Projeto Amanhã em Sergipe, Valdirene Cruz, o projeto já capacitou mais de 3 mil jovens no estado de Sergipe, sendo 73 deles capacitados em 2014. No ano passado, foram ofertados cursos nas áreas de operação de tratores, agroecologia com foco em olericultura e segurança do trabalho, realizados com o apoio de instituições parceiras, como a Embrapa Tabuleiros Costeiros e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O Projeto Amanhã completa neste ano 22 anos de existência com a marca de mais de 27 mil jovens capacitados. Criado em maio de 1993 pela Codevasf, o projeto busca inserir jovens da área rural no mercado de trabalho, complementando as atividades educativas com cursos, palestras, dias de campo, práticas de empreendedorismo e associativismo.

As ações educativas do Projeto Amanhã contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população jovem nos municípios em que atua, ampliando as oportunidades de inserção no mercado de trabalho, fortalecendo o exercício da cidadania, o comprometimento com a preservação ambiental e o desenvolvimento regional sustentável, informa Izabel Aragão, Gerente de Desenvolvimento Territorial da

 

 

Codevasf.

 

 

 

Ascom Codevasf

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Whatsapp:  79 99932-1656
Email: contato@gazetahoje.com