Ajudante de pedreiro pode ter sido enterrado vivo

corpoO corpo do técnico de iluminação e ajudante de pedreiro Crizan Cruz Santos, 21, foi encontrado soterrado em um canteiro de obras de um posto de saúde, na rua Wendel Quaranta, no bairro Suíssa, local onde ele trabalhava juntamente com os acusados Nailton Vitório Santos e Carlos Juan Andrade Vieira.

Segundo relatório do Instituto Médico Legal (IML), as causas da morte do ajudante de pedreiro, apontam para insuficiência respiratóriae asfixia mecânica por soterramento, diferente da versão apresentada pelos acusados de que teriam dado pauladas.

Segundo informações passadas às rádios locais pelo major Hector Monteiro, comandante do 4º Grupamento de Bombeiro Militar de Sergipe, a cabeça da vítima estava envolvida por um pano e as mãos e pernas foram amarradas com arame e corda, levando-se a crer que o ajudante de pedreiro tem sido enterrado vivo.

Os suspeitos indicaram a localização do corpo, mas foi graças aos cães farejadores do Serviço de Busca, Resgate e Salvamento (SBRESC) que foi dado o início às escavações e consequentemente a localização do corpo.

 

 

Por Terezinha de Jesus

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Whatsapp:  79 99932-1656
Email: contato@gazetahoje.com