Dirigentes defendem o Mancini

agenciacorinthians foto 178999Após protestos, diretoria afasta possibilidade de demissão do comandante alvinegro

Dirigentes do Corinthians defenderam o técnico Vagner Mancini, elogiaram o trabalho do comandante alvinegro e pediram paciência com a equipe, que tem lançado jovens jogadores neste início de temporada.

O gerente de futebol Alessandro Nunes e o diretor de futebol Roberto de Andrade concederam entrevista coletiva na tarde desta terça-feira e tentaram blindar Mancini. Nas últimas semanas, o treinador foi alvo de críticas de parte da torcida.

– A visão da diretoria é que ele está bem, está fazendo bom trabalho. A torcida tem a paixão que encobre coisas. A gente vem falando todo dia: time muda, oscila por isso. São jogos de dois em dois dias, não dá para repetir o time, precisa alternar para ninguém se contundir.

– Agora, subimos um monte de menino que estamos alternando a titularidade, sabemos que é preciso ter paciência. Todo início é dessa forma, ganhar confiança, cada um tem muito a dar, nem todos mostraram tudo o que podem ainda. Não é a mudança de treinador que fará o Corinthians ficar melhor. Se não estiver bem, a diretoria iria fazer seu papel e mudar – declarou Roberto de Andrade.

No último sábado, membros da maior torcida organizada do Corinthians foram ao centro de treinamento da equipe e protestaram pedindo a saída imediata de Mancini. No dia seguinte, o Timão venceu o clássico contra o Santos por 2 a 0, na Vila Belmiro.

– Na realidade, o que dá a confiança para nós é o acompanhamento diário que temos dos treinos, de todas as reuniões, da performance do treinador junto aos atletas no dia a dia. Tudo isso traz confiança. Se a gente não estivesse acompanhando, poderia se basear somente em produtividade, que está boa. "Ah, mas o time não está jogando bem". A gente está aqui todos os dias, de manhã até de noite, e sabe que a conduta dele e o relacionamento dele com o grupo é o melhor possível.

– Estamos nessa estruturação com a meninada que subiu e isso leva tempo, qualquer treinador que estivesse aqui estaria sofrendo com esses problemas, além dos jogos seguidos, que impedem treinos seguidos com a mesma equipe. No mais, o trabalho está sendo bem feito – afirmou o diretor de futebol.

Mancini chegou ao Corinthians em outubro do ano passado e, desde então, comandou a equipe em 38 jogos, com 17 vitórias, 12 empates e nove derrotas, aproveitamento de 55% dos pontos.

– Olha, aqui na verdade existe segurança no alinhamento do trabalho. Não é só conversa nossa, mas auxiliares, área física e isso se estende aos atletas. Comunicação aberta com eles, estamos em posição superior, mas precisamos fazer o departamento ser comunicativo. É respeitar o que o corpo mostra, o campo e desempenho. Fazemos de tudo para que todos trabalhem bem. Escolhas são técnicas, Mancini nos consulta e damos opiniões. Ele tem feito mudanças com tranquilidade. Experiente, comanda times há tempos. Tem segurança na tomada de decisão. Faz mudanças pertinentes e com segurança – comentou Alessandro Nunes.

Por Ana Canhedo e Bruno Cassucci — São Paulo

 

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Whatsapp:  79 99932-1656
Email: contato@gazetahoje.com