Suposto assassino de matar turista é preso

criminoso turistaErnandes Marcelino da Silva 42, morador de rua e suposto assassino confesso da turista Cleuza Lourenço Machado, encontrada morta no Banho Doce, na praia de Aruana, foi preso no final da tarde de ontem nos arcos da Orla de Atalaia pelo Grupamento Especial Tático com Motos (Getam). Ele é foragido da justiça de Brasília.

Em depoimento à polícia ele confessou o crime, mas ao mesmo tempo pede para que se faça exame das digitais para se descobrir quem realmente matou a turista. Ele apresenta sinais de distúrbio mental.

Segundo depoimentos do suposto assassino, ele estava numa festa na Atalaia quando ela se aproximou para saber se ele tinha droga e depois saíram para fumar cocaína no Banho Doce. “Conversamos, transamos e daí surgiu uma discussão e eu enforquei com um pedaço de arame”, conta acrescentado que não puxou Cleuza para o mato próximo e disse que não a espancou.

A turista mineira de Sete Lagoas estava passando o final de semana em Aracaju na companhia de uma amiga. Ela tinha saído da pousada, onde estava hospedada, por volta das 17h30, para dar um passeio pela Orla, depois desaparecendo.

A polícia chegou ao suposto assassino através de informações de informantes da polícia.

Por Terezinha de Jesus

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Whatsapp:  79 99932-1656
Email: contato@gazetahoje.com