Fábrica de cimento vai ser instalada em SE

cimento dias gomesPrincipal grupo econômico do Nordeste, o grupo empresarial M. Dias Branco instalará uma unidade de produção de cimento em Sergipe, por meio da subsidiária cimento Apodi, em Santo Amaro, distante 41 quilômetros de Aracaju. O investimento de R$ 1 bilhão irá gerar 2.500 novos empregos.

O projeto é constituído de uma unidade de produção de cimento operando desde a mineração até o ensacamento do produto e com capacidade de produzir 4.000 toneladas/dia. A unidade atenderá os mercados sergipanos e de outros estados do Nordeste. A previsão é que as obras para instalação sejam iniciadas no início do próximo ano.

Para a instalação da unidade em Santo Amaro, o governador Jackson Barreto reuniu-se algumas vezes com a direção da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Petrobras e o grupo Dias Branco para resolver entraves administrativos e logísticos.  “Vejo com muita alegria a presença do grupo M. Dias Branco, através de sua subsidiária a Cimento Apodi, em Sergipe. Este é um projeto promissor que poderá elevar Sergipe ao patamar de maior produtor de cimento do país. Estamos dispostos a dar o melhor dos nossos esforços para que a fábrica seja implantada rapidamente”, afirmou o governador.

Durante audiência pública para discussão do estudo e relatório de impacto ambiental do empreendimento, realizada na última terça-feira, 27, o responsável pela Companhia de Cimento Industrial Apodi, Túlio Pinto, disse que o crescimento da região Nordeste foi determinante para a escolha de Sergipe como sede da nova unidade.

“O cimento é o segundo produto mais consumido no mundo, só perde para a água e a região Nordeste é a que mais cresce no consumo de cimento, por isso a empresa escolheu investir aqui”, afirmou, ao observar que a fábrica será instalada em uma área de 380 hectares. 

Para o sócio-proprietário da SKS, empresa que participa do investimento junto com o grupo Dias Branco, Juscelino Sarkis, além da disponibilidade de calcário de boa qualidade na região, o esforço feito pelo governador Jackson Barreto foi outro fator determinante para que o grupo optasse por instalar sua terceira unidade em Santo Amaro. “Nosso projeto está estimado em R$ 900 milhões a R$ 1 bilhão, para a produção de 4 mil toneladas de cimento/dia. Vamos gerar 500 empregos diretos quando estivermos produzindo, mais 1.500 de forma indireta e esperamos iniciar a terraplanagem assim que tivermos a licença de instalação em mãos”, reforçou o empresário.

Presidente da Adema, José Almeida Lima informou que a licença prévia para que o grupo possa iniciar as obras da Indústria de Cimentos Apodi será expedida até o fim de novembro. “Hoje estamos dando segmento a mais um procedimento da fase de conclusão para o licenciamento prévio desse empreendimento para Sergipe”, disse ao explicar que as audiências públicas são realizadas apenas para empreendimentos de grande porte, que fazem uso considerável dos recursos ambientais e por isso precisam ser devidamente equacionados. “Precisamos estabelecer os condicionamentos necessários para que essa exploração do meio ambiente se faça de forma positiva, sem trazer transtornos à natureza e possíveis consequências para a sociedade, isso contando com a participação da população”, reforçou.     

O prefeito de Santo Amaro, Luís Herman, conhecido como Chileno,  comemorou o fato da população do município ter comparecido em peso à audiência. “Temos certeza que essa primeira fábrica vai marcar o início de uma série de empreendimentos que deverão chegar na cidade, gerando empregos e renda para a região”.

Para o secretário de Desenvolvimento, Chico Dantas, uma fábrica dessa dimensão agrega outros segmentos importantes da economia. “Já na fase de construção, serão gerados cerca de 2.500 empregos, o que será muito importante para movimentar a economia de Santo Amaro e toda a região”.

O aposentado Andreval dos Santos participou da audiência pública e espera que a fábrica de cimentos traga muitas oportunidades de emprego para a cidade “Agora os jovens de Santo Amaro terão outra perspectiva pela frente”, prevê ao destacar que há muitos anos a cidade espera um empreendimento como esse. 

 

 

 

 

Fonte:ASN

 

 

 

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com