Taxista é assassinado em Aracaju

taxista mortoO clima dos familiares do taxista Sidney de Souza, 36, assassinado esta manhã, sexta-feira, 11, no Loteamento Bela Vista, no bairro Cidade Nova, em Aracaju, era de dor e revolta. O taxista, como de costume, saiu de casa por volta das 5h, a pé e seguia para um condomínio próximo para pegar o veículo com o intuito de iniciar as atividades de taxista.

Segundo informações preliminares, acredita-se que o crime tenha sido cometido por homens que ocupavam um veículo de cor branca. A hipótese que a vítima vinha sendo seguida, já que costumava fazer esse mesmo trajeto todos os dias, não está descartada.

O motivo do crime ainda é desconhecido, mesmo porque a família não sabe nada para informar à polícia que já está investigando o caso.

O crime aconteceu na rua A, bem próximo a residência da sogra, rua 3, onde o taxista morava. A vítima deixa órfãos dois filhos [um com 17 anos e outro com 13]. A esposa está inconformada com o crime. “Sidney era defensor de um taxi lotação da linha Sanatório/Centro da Cidade”, disse a esposa.

“A categoria está assustada com mais um crime contra taxista e pede que a polícia dê resposta à sociedade prendendo os assassinos de um trabalhador, disse Gerson Ferreira, vice-presidente do Sindicato dos Taxistas de Aracaju (Sintax), informando que este é o sexto taxista assassinado neste ano.

 

 

 

Por Terezinha de Jesus Nascimento

 

 

 

 

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com