Cláudio Messias 10-9-2015-5ª Feira

claudioORGÂNICOS

Produtores de verduras do interior decidiu vender diretamente aos consumidores da cidade produtos sem agrotóxicos e o “ônibus-feira” chama a atenção de todos nos shoppings e outros locais da urbi. Gilcélia diz que são produtos saudáveis e bons para ela que já teve um CA e agora se alimenta bem. Agora procuro produtos orgânicos. A universitária Lara Fernandes diz que a idéia é maravilhosa e deveria ter todos os dias. O médico Fábio Marconde diz que o projeto é maravilhoso, principalmente para ele, que tem vida corrida e não pode ir à feira pela manhã e comprar tudo fresquinho no shopping, à tarde, é muito prático.

MALHADOR

A Feira sobre Rodas é mantida pela Associação dos Pequenos Produtores Orgânicos de Malhador e, segundo o lavrador José Luís Santos, quem está na roça, quando tem uma ideia, pouca gente acredita. É uma questão de saúde e se prova que isto está na alimentação e ela tem que ser saudável,  assegura Santos.

MAIS CARO

A jornalista Ana Paula Caldas, que adora a Feira sobre Rodas, diz que os produtos que se encontra por ai são todos com agrotóxicos e na feira itinerante eles são orgânicos. Existe uma dificuldade muito grande em encontrá-los em feiras normais e supermercados e esta facilidade no shopping com disponibilidade é muito bacana.

CICLOMOTORES

No trânsito maluco é comum encontrar ciclomotores invadindo vias de pedestres e causando acidentes. Os veículos não têm identificação e a maioria dos condutores é inabilitada. Mas isso vai acabar, porque eles terão que ser emplacados e só poderão ser conduzidos por pessoas habilitadas até 31 de dezembro e em 1º de janeiro haverá fiscalização. Os motociclistas acham que vai ser bom. Cleber Gomes disse que vai andar com mais segurança e vai ser mais difícil roubar as motonetas.

REGULARIZAÇÃO

O diretor-presidente do Detran, Edgard da Mota, alerta os proprietários de ciclomotores que eles terão até 30 de novembro para a regularização, sem pagar multa. Em dezembro, haverá uma campanha educativa e janeiro já haverá punição.

DOCUMENTOS

A regularização do ciclomotor é feita no Detran e o proprietário tem que levar CPF, Nota Fiscal de aquisição do veículo, documento de transferência de propriedade, com firma reconhecida em cartório, RG e vistoria do veículo, quando for exigida. O primeiro emplacamento vai custar R$ 420,92, e mais a taxa de aquisição da placa. Edgard diz que a prestação do serviço precisa ser remunerada, porque o Detran investe muito e garante que o trânsito será mais seguro com os ciclomotores regularizados. E quem andar equipado e legalizado e a pessoa habilitada, terá tranquilidade, garante Mota.

TOPIQUEIROS

Em reunião realizada entre o Prefeito DE São Cristóvão, Jorge Eduardo dos Santos (Jorjão) e os representantes dos 45 condutores de vans que realizam o trabalho de transporte escolar privado em São Cristóvão, ficou acordado o envio à Câmara Municipal de Vereadores do Projeto de Lei que regulamentará a concessão do serviço no município, até o próximo dia 20 deste mês de setembro. O projeto já foi aprovado pela Procuradoria da cidade e conta ainda com o apoio massivo dos vereadores de situação para ser aprovado.

PROVEITOSA

Para o presidente da Cootese e Coopates, representante dos condutores a nível estadual e municipal, Joselino da Silva, a reunião com o prefeito Jorjão foi avaliada como muito proveitosa. “Pudemos ver de perto o interesse dele e dos vereadores em reconhecer a legalidade do serviço. Confiamos na palavra do Prefeito que garantiu enviar o projeto de regulamentação, até o próximo dia 20, à Câmara. Já a notícia de que o projeto já está na Câmara é inverídica. O projeto já está nas mãos do Procurador e em breve é que será enviado para votação”, salienta.

COMPROMISSO

Comprometido com a aprovação e integrado com a elaboração do projeto de regulamentação do transporte escolar em São Cristóvão, o vereador Morgan Prado também participou da reunião e afirmou que a maior preocupação dos representantes do legislativo é garantir não só a regulamentação, mas principalmente a segurança dos estudantes.

SEDENTARISMO

A Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) quer afastar a população do sedentarismo. Para isso, investe cada vez mais na prática de atividades físicas voltadas à saúde e bem-estar dos aracajuanos com o Programa Academia da Cidade, distribuído em vários polos da cidade. O programa possui professores de educação física capacitados, oferecendo diversas atividades no intuito que os moradores tenham uma vida mais saudável. Um dos temas mais debatidos no mundo é o sedentarismo, pessoas cada vez mais obesas, com problemas de saúde e cada vez mais cedo.

CÁRIE

A cárie dental é a doença crônica mais comum na infância, causadora de dor, evasão escolar e perda da confiança. Infelizmente, muitas crianças não têm acesso à saúde odontológica básica e à educação necessária para manter uma boa saúde bucal. Preocupada com a saúde bucal das crianças aracajuanas, a Prefeitura de Aracaju, através do Programa Saúde Bucal da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realiza diversas ações com o intuito de melhorar a qualidade de vida dessas, dando a elas o direito de sorrir e de cuidar de sua saúde. A infância é um dos períodos mais vulneráveis para o surgimento da cárie, época em que a imaturidade, a falta de coordenação motora e o desinteresse comprometem a eficiência da escovação.

AVALIAÇÃO

O Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e da Unidade de Saúde da Família (USF) Humberto Mourão, estiveram presentes com estudantes de Educação Física da Universidade Tiradentes (Unit) para avaliar o Índice de Massa Corporal (IMC) de estudantes da Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) Júlio Prado Vasconcelos, localizada no bairro São Conrado. A ação também foi realizada na Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) Hermes Fontes, que teve a participação dos acadêmicos de Nutrição da Unit. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza este contato com as universidades públicas e particulares através do Centro de Educação Permanente em Saúde (Ceps), que faz a integração entre ensino e serviço.

TAXISTAS

O Superintendente de Transportes e Trânsito, Nelson Felipe, recebeu em seu gabinete os representantes do Sindicato dos Taxistas de Aracaju. Na pauta da reunião, melhorias no serviço prestado à população, modernização da frota e respeito à sinalização de trânsito. O superintendente apresentou aos taxistas algumas sugestões e críticas que chegam ao órgão por meio do ‘Fala Cidadão’ ou da ouvidoria, e ouviu alguns questionamentos da categoria. Alguns temas relacionados ao bom atendimento ao cidadão foram discutidos, tais como as condições do veículo, a gentileza e a educação no tratamento com o cliente e respeito às leis de trânsito.

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com