Cláudio Messias 09-9-2015-4ª Feira

claudioJABOTIANA

Moradores da Jabotiana são obrigados a ficar no escuro, porque a Prefeitura de Aracaju não aceita que eles próprios troquem as lâmpadas, para se livrarem dos bandidos. O gráfico Marcos Cabucci disse que, simplesmente, chegaram e tiraram todo o material colocado pelos moradores e que dava segurança, em virtude do elevado índice de assaltos. Trocaram por lâmpadas de baixa luminosidade, que só faz ajudar a bandidagem, por causa da escuridão.

INVESTIMENTO

Os moradores, segundo o químico Elcir Ricardo Souza, investiram R$ 900,00, para a iluminação numa rua do Jabotiana. Tinha muito assalto e lâmpada que eles colocaram não dão suporte e a nossa dava, disse.

ROUBOS

Joana Angélica disse que antes que deles trocarem as lâmpadas, havia assaltos todos os dias. Só na minha porta, a minha massagista foi assaltada duas vezes. A filha da minha vizinha foi roubada e levou coronhada e teve que levar ponto. A PMA retirou as lâmpadas de maior luminosidade, porque a Emurb diz que qualquer intervenção na iluminação pública da cidade só pela Prefeitura e a troca com lâmpada mais potente coloca em risco a comunidade, podendo causar incêndio e aumentar consumo de energia. É isso ai. O negócio é ser assaltado duas vezes: os impostos e pelos bandidos de arma em punho.

OSVALDO ARANHA

Comerciantes e moradores da avenida Osvaldo Aranha, na zona oeste de Aracaju, reclamam da escuridão. Lá os assaltos e atropelamentos são constantes. A aposentada Anesita de Souza não vai mais à missa, porque é difícil atravessa a pista na escuridão. É perigoso e com 78 anos não tenho condições de ir à igreja e atravessar as pistas no escuro.

NO PREJUÍZO

Os empresários da avenida Osvaldo Aranha dizem que é difícil trabalhar assim. Carlos Fiel disse que a escuridão tem acarretado muitos arrombamentos e o pessoal está com medo do ônibus. O pintor Joanilton Lima disse que ia chegando na casa do pai, quando foi abordado por um motoqueiro, que levou o seu celular e de um amigo. O trecho é importante para chegar e sair de Aracaju.

RESPONSABILIDADE

A iluminação na Avenida Osvaldo Aranha é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Denit), porque se trata da Rodovia 235, que é federal. Carlos Fiel disse que procuraram o Denit, mas não obtém sucesso. Nos pontos de ônibus o risco é maior e todos temem assaltos na avenida Chanceler Osvaldo Aranha.

ARUANA

Comunidade da Aruana, zona de expansão de Aracaju, está revoltada com as crateras, que dificultam trânsito de pedestres e causam prejuízos aos donos de veículos, principalmente quando chove. José Bonfim diz que é uma buraqueira danada, quebrando carro e ninguém arca com as consequências. O pessoal paga IPTU caríssimo, porque é beira de praia. Eu atolei e deu trabalho. Faço serviço aqui e tenho que passar por esse absurdo, diz Bonfim.

DESPREZADA

O cenário na Aruana é de total abandono. Na rua Maria Genelícia as obras paralisaram e a brita espalhada é paliativo, mas não é solução. Até a pé fica difícil, principalmente idosos, porque o terreno é irregular. Ivone Pompéia diz que quando chove fica tudo inundado. Quando eu tenho que sair de casa, tenho que pedir ajuda, para me levarem no colo, disse a idosa, que tem medo de cair. A Emurb assegura que vai pavimentar todo loteamento até o final deste ano.

VAI VOAR

O prefeito de Lagarto, Williams Fraga (Lila Fraga), está insatisfeito com os rumos que o PSDB tomou em Sergipe, depois que foi abocanhado pelos irmãos Amorim (senador Eduardo Amorim e empresário José Edvan do Amorim) e já anuncia para os amigos que voará do ninho tucano, para não ficar como lacaio de Edvan. É isso ai. Este é macho e tem palavra.

PRODUTOR

Se você quer comprar produtos com qualidade e sem agrotóxicos, visite a Feira do Produtor da Agricultura Familiar na Praça Fausto Cardoso, em Aracaju. É só até sexta-feira. Uma excelente oportunidade para comer coisa gostosa e saudável. Vá lá e bom apetite.

OBRAS DE LAGARTO

O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC), vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, aproveitou a exposição do secretário de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano do Estado, Valmor Barbosa, sobre a aplicação dos recursos do Proinveste pelo Executivo, para cobrar o andamento de algumas obras no município de Lagarto, como o Balneário Bica e o Mercado Municipal. O parlamentar aproveitou para cobrar a recuperação das rodovias estaduais que ligam Lagarto a Tobias Barreto e a Itabaiana. Durante a sessão, Valmor Barbosa destacou o empenho de Valmir enquanto prefeito do município.

RODOVIA

O secretário de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano do Estado, Valmor Barbosa, explica que existem projetos de recuperação das rodovias, mas que o Governo não possui os recursos necessários. “Tem ainda o trecho de Itabaiana a Moita Bonita. Já passou da hora e, em breve, teremos que fazer. Relembro apenas que de 2009 para cá, Lagarto recebeu investimentos da ordem de R$ 67 milhões, o que é um número significativo. A gente sabe que a prefeitura sozinha não tem condições de fazer. Nós acompanhamos a sua luta quando o senhor era prefeito”.

HOSPITAL DO CÂNCER

O deputado Valmir Monteiro cobrou de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano do Estado, Valmor Barbosa, andamento das obras do Hospital do Câncer. “Hoje as doenças relacionadas ao coração e ao câncer são as que mais matam. Tenho a informação que Sergipe possui R$ 33 milhões no caixa já liberados para a construção desse hospital. O governo, inclusive, já paga os juros desse empréstimo. O que falta para o TCU liberar esta obra do hospital do Câncer em Sergipe?”. Por sua vez, o secretário disse que não podia responder por recursos, porque para a sua Secretaria só cabe projetar, licitar e fiscalizar a obra. “Sobre os recursos, os deputados podem solicitar as informações ao secretário da Saúde que é quem controla isso”.

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com