Cláudio Botafogo Messias-Online-6ª-Feira-19 de Julho de 2019

 

PARALÍMPICO ESCOLAR

Começou ontem e termina amanhã, 20 de julho, pela primeira vez em Aracaju o Seminário Internacional Paralímpico Escolar. Sediado na Universidade Tiradentes, campus Farolândia, a segunda edição do evento é uma realização do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Academia Paralímpica Brasileira (APB), instituições sem fins lucrativos e conta com o apoio do Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura.

Atividades facilitadoras de inclusão por meio do esporte paraolímpico na escola, aspectos médicos do esporte paraolímpico, metodologia de iniciação ao paradesporto na escola e conceitos e terminologias relativos às pessoas com deficiência a serem utilizados pela mídia são temas das conferências e mesas-redondas do evento que contará com a participação de membros da CPB, APB e do Instituto Português do Desporto e Juventude.

O inscrito no evento poderá participar de até dois dos 12 minicursos disponíveis, dentre eles, avaliação e testes neuromotores, natação, tênis em cadeiras de rodas e atividades para deficientes visuais e deficientes intelectuais.

Profissionais e estudantes de Pedagogia, da Educação Física e de áreas correlatas da Saúde que atuam no sistema regular de ensino ou em instituições que atuam na iniciação da prática paradesportiva ainda podem se inscrever no evento.

Basta acessar: www.unit.br/eventos. A inscrição custa apenas R$50 e inclui a participação em até dois minicursos.

LIVRO

Amanhã, dia 20 de julho, Thyago Avelino lançará em Aracaju seu 12º livro, ‘Bênção em Palavras – Lições que Transformam’, ditado pelo espírito Pai Damião. A obra, publicada pela editora Lar de Frei Luiz, traz ensinamentos a todos nós, seres em experiência humana, diante do fluxo energético sutil do planeta Terra, com o objetivo de promover o despertar da consciência e do autoconhecimento.

EMOÇÃO

“A cada texto reflexivo, a emoção toma conta da nossa alma na certeza de que temos os instrumentos necessários para seguir nesta experiência terrena com maior qualidade de vida. E esse despertar da consciência possibilita que fiquemos somente com o necessário para prosseguir no cumprimento do propósito existencial, ressignificando com amorosidade nossos lados de luz e de sombras”, comenta o autor.

UFOLOGIA

O lançamento será a partir das 20h30, no Águas de Aruanda, após o encerramento do 3º Encontro de Ufologia e Espiritualidade de Sergipe.

HIGIENIZAÇÃO

As fortes chuvas em Sergipe causaram inundações em casas e lojas comerciais. Para evitar que as pessoas fiquem doentes, a orientação é fazer uma eficaz higienização. Qual a melhor forma de higienizar um imóvel residencial ou comercial, invadido por água da rua ou de canais após chuvas fortes? O que fazer quando há o contato humano com a água contaminada por bactérias? O infectologista da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio, alerta para os riscos trazidos para o ambiente pelas sujidades, ensina como limpar o imóvel e orienta sobre os cuidados que a pessoa deve adotar caso tenha sido exposta a esse tipo de contaminação.

SUJIDADE

Marco Aurélio esclarece que, quando um canal transborda ou acontece um alagamento que traz sujidades para o domicílio, além de ocasionar prejuízo com perda de material, aquela água pode infectar o ambiente. “Quando isso ocorre, é preciso pensar o que pode ser transmitido por essa via de contaminação, sabendo que a água que está nos canais, nas ruas ou esgotos contém alto nível de coliformes fecais que, na maioria das vezes, causam distúrbios gastrointestinais como diarreia e vômitos, mas que também podem levar a uma infecção generalizada ocasionando óbito”, refletiu o infectologista.

HIPOCLORITO DE SÓDIO

A partir desta constatação, o óbvio é utilizar um agente higienizador capaz de destruir os coliformes e nada é mais recomendado para esta situação do que o hipoclorito de sódio ou, na linguagem popular, água sanitária, produto capaz de matar até mesmo o vibrião colérico, bactéria que causa a cólera, mas que, segundo Marco Aurélio, não circula no Estado na atualidade. A água sanitária também elimina outra ameaça que vem junto aos coliformes fecais, que é o vírus da Hepatite A, cuja transmissão se dá por via fecal-oral, ou seja, pela ingestão de água e alimentos contaminados.

LIMPEZA

Tão importante quanto limpar o ambiente é ter o cuidado de se proteger na hora de fazer a tarefa, segundo destaca o infectologista, assegurando que nenhuma limpeza deve ser feita a partir do contato direto da pele da pessoa com os produtos e muito menos com a água potencialmente contaminada, embora a pele atue como uma barreira contra os micro-organismos. É preciso usar equipamentos de proteção individual, como luvas e botas impermeáveis.

CORPO

“A pele é o nosso maior órgão de imunidade, porém o ambiente está cheio de bactérias, vírus, fungos e se não tivéssemos pele, eles invadiriam nosso organismo frequentemente. No entanto, apesar de toda essa defesa, quando o órgão está muito em contato com a água, cria pequenas fissuras e isso vai facilitado à penetração dos micro-organismos, do mesmo jeito que, quando você está em alagamentos, você pode sofrer pequenos traumas na pele que facilita essa entrada, porque quebra-se essa barreira”, explicou o médico Marco Aurélio.

BACTÉRIA

Marco Aurélio enfatiza outro risco: a bactéria Leptospira, causadora da leptospirose, uma infecção aguda, potencialmente grave, que é adquirida através da urina do rato. E, como nos esgotos o que não falta são ratos, o perigo é iminente. Para a limpeza do imóvel, é recomendado o mesmo produto, ou seja, o hipoclorito de sódio.

CONTATO DIRETO

Mas, se a pessoa tem contato direto com a água contaminada por atravessar uma rua alagada, por exemplo, ou precisou se movimentar repentinamente dentro da casa inundada por água de canais, o recomendável é fazer uma boa lavagem da região exposta. “Se você foi pego de surpresa e não teve como escapar do contato, assim que chegar em casa ou em local que possa, lavar bem a área afetada com água e sabão. Lembrem-se que estamos falando de doenças que podem não afetar todo mundo, mas quando afetam são doenças graves, que podem levar a óbito”, reforçou o infectologista.

ALIMENTOS

Outra orientação importante diz respeito aos alimentos que podem ser expostos à contaminação. “Se houve contato com a água, a melhor forma de prevenir doenças é descartá-los, a menos que estejam em embalagens impermeáveis, como latas que podem ser lavadas. Aqueles que tiveram contato com a água suja não deve ser consumidos, porque quando os micro-organismos penetram pelas mucosas pode ocorrer um adoecimento mais rápido e mais grave”, orientou.

FEBRE

Se a pessoa tiver contato com água contaminada, deve lavar e enxugar o local afetado, pois isso é o recomendável, segundo o infectologista. No entanto, ele aconselha a pessoa a ficar atenta para o caso do surgimento de febre. “Isso ocorrendo, a pessoa deve ir imediatamente ao serviço de saúde e contar o que aconteceu. Como a gente tem no período de chuva uma circulação maior de vírus respiratórios e outros, é importante que tenha essa história do contato com a água contaminada para que o médico pense que pode ser uma bactéria, faça o tratamento e peça os exames mais direcionados para isso”, concluiu.

MUITA CHUVA

Ontem, quinta-feira, 18, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), mantém suas equipes em atenção para a possibilidade de ventos fortes e chuva, na capital. Para informar a população, foi enviada, nesta manhã, uma mensagem através do Serviço de Alerta por SMS 40199, da Defesa Civil.

PRIMEIRO

O primeiro alerta foi emitido na quarta, 17, a partir de aviso de ventos fortes, por parte da Marinha do Brasil. As informações indicam que esses ventos podem chegar na região costeira de Aracaju, com a velocidade em torno de 60 km por hora. Já o segundo alerta diz respeito às chuvas esperadas para as próximas 72h.

MUITA ÁGUA

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, o major Sílvio Prado, o órgão recebeu, quinta, novas informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e do Centro de Meteorologia de Sergipe. “Essas informações dão conta de que há previsão de chuvas que podem gerar precipitações de 30mm à 45mm por dia, o que pode resultar em um acumulado de 150mm, entre os dias 19 e 22 deste mês”, detalhou.

ÁREAS DE RISCO

O coordenador reforça que o alerta foi emitido para que as pessoas, principalmente em áreas de risco, possam redobrar o estado de atenção e observação. “Colocamos todo o Plano de Contingência em funcionamento. O Comitê de Gerenciamento de Crise foi acionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira e será utilizado todo o aparato da Prefeitura para minimizar os impactos das chuvas e dos ventos fortes que podem acontecer nos próximos quatro dias”, reforçou Sílvio Prado.

SERVIÇO DE ALERTA

Em Aracaju, o serviço de Alerta por SMS 40199 já alcança 18.420 números telefônicos cadastrados e contribui para que a população possa se precaver. “Orientamos que a população esteja atenta a possíveis alterações nas estruturas, inclinação de árvores e postes, movimentação de terra e outras alterações que possam ser observadas. Diante de anormalidades, é importante acionar a Defesa Civil de Aracaju, através do número emergencial 199”, orientou.

CADASTRO

Para fazer o cadastramento e receber os alertas da Defesa Civil, o cidadão deverá acessar o campo de mensagens (SMS) do celular, e inserir no destinatário o número 40199. O serviço é gratuito. Em seguida, no corpo da mensagem, deverá ser colocado o CEP da região. Após enviar a mensagem o usuário receberá uma confirmação do cadastro. É possível cadastrar mais de um CEP.

ENDEREÇO

Caso o cidadão mude de endereço, poderá enviar, também para o número 40199, a mensagem SAIR e, em seguida, poderá cadastrar o novo CEP.

DEVEDORES

O mutirão do Banese Card segue negociando dívidas durante no Shopping Prêmio, em Nossa Senhora do Socorro. Somente nesta manhã mais de 30 pessoas quitaram suas dívidas com descontos negociados junto aos atendentes do mutirão, segundo a supervisora da recuperação de crédito do Banese Card, Clécia Helena. Somente na quarta-feira, 17, foi registrado a quitação de dívida de 250 clientes.

ATÉ DOMINGO

A supervisora explica que o mutirão vai até o domingo e a expectativa da organização é das melhores a partir do fluxo constatado nos primeiros dias. “O movimento está muito bom desde ontem, quando começou o evento, e vamos até domingo com renegociação de todos os tipos, com casos de dívidas que vão de um a mais de cinco mil dias [de atraso]”, assegura Clécia. Segundo ela as tratativas variam a cada caso. “Não costumamos informar um valor máximo para o desconto. É feita uma análise diante de cada dívida”, esclarece.

ENCANADOR

O encanador Edilberto Andrade comemora a renegociação do seu pagamento, que, segundo ele, se acumulava há aproximadamente três anos. “Foi tranquilo. Ficou praticamente o valor da dívida com o mínimo dos juros […] Fiquei satisfeito”, ressalta.

OPORTUNIDADE

O comerciante Evandro Oliveira pondera que enxerga no mutirão uma boa oportunidade de negociar sua parcela atrasada há três meses com o Banese Card “Tenho um atraso referente a uma parcela e vim dialogar para conseguir o menor valor possível. Um mutirão desse alivia as condições, não é? Divisões como essas ajudam qualquer pessoa”, comenta rindo. O atendimento no Shopping Prêmio ocorre das 10h às 19h e, no domingo (último dia), das 12h às 18h.

.claudio

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com