Cláudio Botafogo Messias-On Line-sexta-feira-22-03-2019

MAIS UM CAPACHO CUSPIDO PELO CLÂ BOLSONARO

Chegou à vez do deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP), não demorou muito a se decepcionar com o seu guru, o presidente da República, capitão reformado do Exército Brasileiro, Jair Messias Bolsonaro, está até agora como aquele boxeador que leva um potente no queixo e outros na cabeça e fica grogue no centro do ringue e cai, aguardando a contagem para que o nocaute seja anunciado.

Ele é persona non grata no Palácio do Planalto, o que foi determinado por Jair Bolsonaro. O recado foi passado pelo senador Flávio Bolsonaro, PSL-RJ, e por outros interlocutores do presidente.

Frota, depois de babar Jair, querer sair na porrada na defesa do deu “dono”, foi cuspido e jogado para fora do Palácio do Planalto, como um cão sardento, com calazar  e outras doença, só porque pediu a prisão de Fabrício Queiroz, o bandido que era o operador de uma quadrilha e fazia do escritório do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, o seu escritório à serviço do crime.

Queiroz foi pego por uma investigação, após ser verificado que movimentou milhões de reais em suas contas, uma situação atípica para o parco salário que ganhava como assessor todo poderoso de Flávio.

Frota também pediu o afastamento do Senado de Flávio Bolsonaro, até que as investigações sejam concluídas, apontando ou não o envolvimento do senador nos crimes praticados por Fabrício Queiroz. Claro que Flávio não topou o desafio e ai o valentão se acovardou.

Aliás, foi o Flávio quem entregou Fabrício, informando que ele é agiota. Se ele sabia dos crimes de agiotagem, porque deixava que o gabinete, pago com o dinheiro do povo, servisse como escritório para os crimes de Fabrício?

O Bolsogate, se fosse num país que realmente punisse bandidos, corruptos, políticos desonestos, já teria efeitos que a sociedade estava aplaudindo.

Até o outrora arauto e baluarte defensor da moralidade e cruzador ferrenho contra a corrupção, o super-ministro da Justiça, Sérgio Moro, calou, diante de tantas evidências que fazem o elo de Fabrício com o Clã Bolsonaro, nem mesmo um cheque depositado por Fabrício na conta da hoje primeira-dama do país, Michele Bolsonaro, no valor de R$ 24 mil.

Flávio não irá se afastar do Senado, o sabido Fabrício Queiroz, sabe demais sobre o Clã Bolsonaro, portanto, não será preso, mas o risco é se transformar num arquivo morto e tudo vai ser pior do antes no quartel de Abrantes. Ou seja, trocamos seis por mais de mil de safadezas. Estamos mesmo é lascados e mal pagos, mas pagando para esta turma curtir às nossas custas. Continuarão mangando dos brasileiros e pagando salários elevados para bandidos travestidos assessores, para que executem as tarefas sujas deles. Salve!!!

SILVESTRE

De autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), encontra-se em tramitação na Casa o projeto de lei que institui o Dia Estadual de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres em Sergipe, a ser comemorado anualmente no dia 22 de setembro, data em que se celebra o “Dia da Defesa da Fauna e o Dia Nacional da Fauna Brasileira”.

DESMATAMENTO

Luciano Bispo chama a atenção para a data (22 de setembro) para que as pessoas passem a ter mais consciência para o desmatamento das florestas, tráfico de animais silvestres e ocupação humana desenfreada. “A problemática do tráfico de animais silvestres está presente na sociedade, por ser comércio muito lucrativo, aliado às estratégias de fiscalização ineficazes e medidas tênues de punição”.

TRAFICANTES

O deputado explica ainda que os traficantes de animais silvestres aproveitam-se da miséria e ignorância de pessoas que residem próximas a áreas florestais, para capturar e comercializar esses animais, refletindo essa realidade. “O País tem leis que proíbem essa prática (comércio ilegal), mas apenas isso não é o bastante”, disse, defendendo políticas públicas de conscientização para a população.

RIGOR

Diante dos modestos resultados de fiscalização, Luciano Bispo defende que se crie mais mecanismos eficazes contra as práticas ilícitas. “O governo deve intensificar as ações (de fiscalização), aumentando seu quadro de pessoa para maior abrangência. Educar a população em relação às consequências da retiradas dos animais de seu habitat, estabelecendo leis mais rígidas e criando medidas de combate ao desemprego nas regiões próximas das áreas florestais”.

01

VIOLÊNCIA

Propaganda maciça para conscientizar os sergipanos que é preciso se juntar contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e a violência contra a mulher nos realizados em Sergipe é uma das propostas sugeridas ao Governo do Estado, para reduzir as maldades cometidas contras estes segmentos.

2

LARANJA

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de Lei Ordinária que institui o Abril Laranja no Estado de Sergipe. Aqui vai uma ideia: caso seja aprovado, que tal apelidar a nova Lei de Luciano Bivar e chamar a turma do PSL para o dia em que o governador Belivaldo Chagas for sancionar. Uma boa ideia e que seja servido sucos da preciosa fruta num coquetel de lançamento. Selva!!!

3

ITABAIANA

Professores e alunos pedem ao secretário de Estado da Educação, Josué Modesto dos Passos Subrinho que viabilize a construção da sede própria da Escola Estadual Vicente Machado Menezes, no terreno onde funciona, atualmente, a Escola Professora Izabel Esteve de Freitas.

4

GOIABEIRA

A moça que disse que Jesus pegou na sua mão, para que descesse de um pé de goiaba, que determinou que meninos só podem vestir azul e meninas rosas e que os meninos devem aprender a abrir a abrir a porta de um carro para mulher, vai ser Cidadã Sergipana, por intermédio de um projeto de Resolução do ex-deputado estadual pastor Antônio dos Santos. Antes que me esqueça, o nome da tão importante senhora é Damares Regina Alves, que vem a ser ministra do Governo Bolsonaro.

5

ANIMAIS

Em breve, se os deputados estaduais assim quiserem, os hospitais e clínicas de Sergipe vão ser confundidos com canis, uma vez que tramita um projeto na Assembleia Legislativa que garante a permissão para que animais domésticos e de estimação possam ser levados para os hospitais das redes públicas e privada, contratados e conveniados, que integram o Sistema Único de Saúde (SUS).

6

SOCORRO

Hospitais e maternidades de Sergipe poderão ser obrigados a oferecer aos pais ou responsáveis por recém-nascidos, orientação e treinamento para primeiros socorros, de forma gratuita, em caso de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita. Projeto neste sentido tramita na Assembleia Legislativa.

7

PREVENÇÃO

Está para análise dos deputados estaduais projeto de Lei Ordinária que dispõe sobe a criação de programa de prevenção da doença de H. Pylori.

8

CORDEL

O cordel com o baião, xaxado, samba, chorinho, forró e outros ritmos marcam a cultura brasileira. No caso do Nordeste, a literatura de cordel é uma herança que não pode ser perdida no tempo, massacrada pela modernidade e principalmente o lixo que chamam de música, que faz sucesso por ai. Portanto, que os deputados aprovem o Projeto de Lei Ordinária que tramita na Assembleia Legislativa e que institui o Programa de Fomento à Literatura de Cordel nas Escolas Públicas e Privadas. Se aceitarem a proposta, estarão contribuindo em muito para identidade do brasileiro, especialmente o nordestino.

9

DESCARTE

Está mais do que na hora das pessoas se conscientizarem de que é preciso fazer o descarte correto de cartuchos e toners. A natureza agradece e as futuras gerações também vão fazer isso.

10

FEMININA

Garantir tratamentos e oportunidades iguais para todos, sem preconceito, origem, raças, gêneros e outras formas de discriminação. Isso é chamado de equidade.  Nos parlamentos brasileiros, a busca por essa igualdade tem sido constante e a Assembleia Legislativa de Sergipe é formada por 25% de deputadas, percentagem maior do que se constata na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

CAMINHO

De acordo com dados apresentados no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe esta semana pela diretora geral do Senado Federal, Ilana Trombka há muito caminho a percorrer.

FÓRUM

“O Fórum Econômico Mundial diz que homens e mulheres terão igualdade salarial em 2186 e isso é um absurdo tão grande que é impossível não fazer nada e aceitar essa desigualdade, sem trabalhar a consciência na sociedade, pois não há nenhum tipo de defesa para salários distintos para homens e mulheres”, entende.

PESQUISA

Baseada em uma pesquisa inglesa, ela informou que em 2015, o número de homens eleitos no parlamento, foi maior do que o total de mulheres eleitas em toda a história da Inglaterra.

AVANÇO

“Certamente foi um avanço a quota de 30% das candidaturas de mulheres, mas ainda não conseguimos chegar a esse patamar de representação. Imagino que Sergipe é um dos Estados com maior representação, com 25% de mulheres na Assembleia Legislativa, mas há países não tão distantes do Brasil, como o México em que já há uma equidade no parlamento. Não é só uma realidade na Inglaterra, na Suécia ou na Holanda. A Argentina tem uma lei de equidade de gênero na política muito mais avançada do que a brasileira”, enfatiza.

ia”.claudio

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com