Cláudio Botafogo Messias-OnLine--06-2019-quarta-feira

SER ALIADO NÃO É SER CAPACHO

Com a experiência de Executivo municipal e já com alguns mandatos de deputado estadual, o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, MDB, sabe como lidar com crises e no final das contas ninguém fica com raiva dele.

Com o couro grosso de várias porradas como consequência do seu carisma como político, que o torna um vitorioso, Luciano mostra em seu discurso de mais uma posse que é preciso unir, para não quebrar e que ser aliado do governante não o rotula como seu empregado ou capacho.

Como os poderes devem ser harmônicos, Luciano entende que se houver inimizade fica difícil administrar e gerenciar crises.

Que os mais novos entendam o recado do discurso de Luciano, quando pede unidade no legislativo e busquem se aconselhar com os mais antigos. Não existe um dono da verdade, mas sim bom senso.

Mais do que nunca é preciso conversar, unir forças, acabar com arestas, porque uma nova eleição começa, quando sai o resultado da última.

Mais do que nunca o povo está atento ao comportamento dos seus representantes e quem vacilar, terá como prêmio a derrota nas eleições seguinte.

Vamos unir, porque será menos difícil vencer a crise. Todos por Sergipe e que cada um cumpra o seu dever, porque é isso que a população quer.

EXONERADO

Através do decreto N° 898 de 01 de Fevereiro de 2019, publicado no Diário Oficial do Município de Nossa Senhora da Glória, o prefeito Francisco Carlos Nogueira Nascimento (Chico do Correio) exonerou seu principal aliado político, Sérgio Oliveira da Silva, do cargo de Secretário Municipal da Defesa Social e Governo.

EXONERAÇÕES

Sérgio Oliveira atua junto a administração de Chico do Correio desde seu primeiro mandato, e de lá para cá, já foram diversas nomeações e exonerações do mesmo no cargo. A última havia ocorrido em abril de 2018 através do decreto Nº 688 de 06 de abril, quando a motivação teria se dado a possível candidatura de Sérgio a Deputado Estadual, como sua candidatura não ocorreu voltou a ser nomeado Secretário Municipal da Defesa Social e Governo em 01 de Junho do mesmo ano. Desta vez a exoneração se dá pelo fato de Sérgio assumir a Chefia de Gabinete da Deputada Estadual Janier Mota.

OUTRA

No mesmo dia (01 de Fevereiro de 2019) o prefeito também exonerou a então Secretária Municipal de Administração Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Karina Verissimo Santos, que foi substituída por Abraão Lincoln Vieira que até então estava à frente da Secretaria Municipal de Saúde, que por sua vez foi assumida por Terino Lima de Jesus.

CRESCIMENTO

Um estudo elaborado pelo Sebrae mostra que o setor de serviços é a principal aposta para quem planeja investir na abertura do próprio negócio este ano. O Relatório “Negócios Promissores em 2019’ indica que o crescimento da economia, empurrado pela projeção de uma safra agrícola próxima ao seu recorde histórico e esperada retomada do mercado de trabalho, deve sustentar a trajetória de ligeira recuperação do rendimento dos trabalhadores.

FAVORECIDAS

Isso tende a favorecer as micro e pequenas empresas (MPE) voltadas à prestação de serviços pessoais, como cuidador de idosos, instalação e manutenção elétrica, entregas, transporte de passageiro, marketing direto e produção de conteúdo para internet, além dos negócios que atendem as necessidades básicas da população (alimentação, vestuário, calçados e construção).

RECUPERAÇÃO

“O crescimento no setor de serviços sinaliza uma recuperação dos níveis de renda e da criação de novos postos de trabalho.  Quando tem uma melhoria na condição econômica das pessoas, as pessoas voltam a consumir e isso se reflete no aumento da demanda por produtos e serviços”, analisa o superintendente do Sebrae em Sergipe, Paulo do Eirado.

MAIS EMPREGOS

Em 2018 o setor foi o principal responsável pela geração de novos empregos no país, com 398.603 postos de trabalho. Em Sergipe, foram abertos 1.024 novos empregos com carteira de trabalho assinada. Ele é também o segmento de maior peso na economia brasileira, respondendo sozinho por cerca de 70% do Produto Interno Bruto.

EXPORTAÇÃO

Nas exportações, os mercados com maior potencial de expansão de negócios para as MPE continuam sendo os Estados Unidos e países do sul e do leste asiático, como a China, Índia, Indonésia e Tailândia. As micro e pequenas empresas que já exportam madeira serrada, mármores e granitos, pedras preciosas e semipreciosas, móveis, vestuário e calçados, tradicionais exportadores de micro e pequeno porte, serão as mais beneficiadas.

ARGENTINA

Por outro lado, a Argentina, um dos principais mercados importadores dos pequenos negócios brasileiros, deve apresentar retração da demanda, em 2019, por conta da recessão em curso naquele país. As MPE que exportam para esse mercado terão de buscar outras alternativas se quiserem compensar a queda da demanda dos argentinos.

SAFRA

A safra agrícola esperada para 2019, próxima ao recorde histórico de 238 milhões de toneladas de grãos (alcançado na safra 2016/2017), tende a beneficiar as MPE que ofertam serviços voltados para o setor agropecuário e as fornecedoras de insumos e implementos agrícolas, assim como o pequeno comércio varejista próximo aos principais polos de produção agrícola do país, já que se beneficiam com a injeção de renda do agronegócio nas economias locais.claudio2

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com