Cláudio Botafogo Messias-OnLine-10-01-2019-quinta-feira

ELE SE “APOSENTOU” AOS 33 ANOS DE IDADE E VOCÊ SÓ SE VIVER ATÉ 100

Bolsa Previdência de meio salário mínimo e quem quiser mais, que faça uma previdência privada. Bolsonaro teve a sua primeira aposentadoria aos 33 anos de idade. Os filhos se aposentam ou se aposentaram antes dos 40. A questão da Previdência Social vem sendo usada pelo Governo Bolsonaro para desviar problemas sérios e reais do Brasil.

O ministro Paulo Guedes prepara a pá da cal para enterrar de vez o sonho do brasileiro de ter uma vida tranquila ao se aposentar.

Claro que muitos morreram bem antes de atingir a idade. Guedes quer criar uma Bolsa Previdência, onde o Governo pagará a metade do salário mínimo para o segurado e este se quiser morrer com um pouco de dignidade terá que se capitalizar, através de uma previdência privada, num banco que pode quebrar e arrombar de vez com o pobre coitado.

Aos 33 anos de idade, Jair Messias Bolsonaro foi reformado como capitão do Exército e de lá para cá só ganhou o dinheiro do povo, praticamente sem nada fazer, uma vez que teve quatro mandatos de deputado federal e também tem outra aposentadoria. Daqui a quatro anos mais uma, a de ex-presidente da República. Enquanto isso, os milhões que sustentam ele e sua família, talvez, consigam se aposentar numa UTI de hospital ou recebendo a extrema unção.

Paulo Guedes, ministro da Economia, prepara a sentença final, argumentando que é preciso criar um sistema de capitalização, para que o trabalhador tenha uma renda mínima.

Como alguém que ganha a miséria do Salário Mínimo terá como os custos de uma previdência privada e ainda com o risco do banco quebrar e ele perder tudo de vez?

Ele e o Onix Lorenzoni, denunciado por receber centenas de milhares de reais do povo brasileiro, por meio da obtenção de notas fiscais de uma empresa de um amigo, que só tinha ele como cliente, mas que a Câmara Federal nunca se preocupou em investigar o que acontecia, garane que com esta reforma, nunca mais o Brasil precisará reformar a Previdência Social. Nisto ele está certíssimo, porque não restarão mais pobres como segurados. Não se viverá até se obter o tal “benefício”.

Enquanto eles tramam contra os trabalhadores, ninguém explica a conta milionária do motorista do senador Flávio Bolsonaro (filho do presidente), que, de repente, teve que fazer uma cirurgia e por três vezes não apareceu para depor no Ministério Público do Rio de Janeiro, para explicar a movimentação milionária de sua conta, justamente nos dias em que os servidores do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro recebiam o pagamento. Não explica, também, o repasse de vários cheques nominais a agora primeira-dama Michele Bolsonaro. É o motorista Fabrício Queiroz tem muito o que dizer e quem sabe não será o câncer do Governo Bolsonaro.</ span>

O presidente mandou encurtar o tempo de transição para a aposentadoria e muita gente sentirá saudades de Michel Temer. Ou seja, ele quer enterrar logo os pobres, para acabar de vez com a pobreza no Brasil.

Outra perguntinha: por que a família de Fabrício Queiroz se mudou para São Paulo, tão de repente e não foi depor no Rio de Janeiro? Por que familiares de Queiroz tinham ou ainda tinham cargos nos gabinetes dos filhos de Bolsonaro e do próprio Jair Messias Bolsonaro? É realmente uma ligação de sangue, paga pelo povo.

Se Fabrício bater as botas, de repente, não será novidade se inventarem um erro médico, uma infecção hospitalar ou um não resistiu ao tratamento. Tudo é possível.

E tem mais: por que Sérgio Moro, o arauto e paladino da justiça o guerreiro contra os corruptos não opina sobre as ligações de Fabrício e Flávio Bolsonaro? Perguntas que necessitam respostas, porque todos são servidores pagos pelo coitadinho do trabalhador brasileiro, que em breve não terá nem justiça para reclamar. Mas o povo merece o Governo que elege, mesmo com milhões pagando o sacrifício.

JUROS ALTOS

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, negou que vai haver aumento dos juros no financiamento da casa própria para a classe média. Na véspera, ele afirmou que a classe média terá de pagar juros de mercado financiar a casa própria, após cerimônia de posse no Palácio do Planalto.

MINHA CASA

Pedro Guimarães destacou que as taxas permanecerão acima dos juros do programa Minha Casa Minha Vida, voltado para as classes mais baixas.

SUBSIDIADOS

Guimarães declarou que os juros do MCMV são subsidiados e os juros para classe média estão num patamar mais elevado. Ele disse suas palavras foram distorcidas quando ele falou que os juros da classe média atenderiam as regras de mercado.

GRANDE

"O menor juros que existe no Brasil para crédito imobiliário é o do Minha Casa Minha Vida; você querer comparar Minha Casa Minha Vida com crédito imobiliário para classe média não é correto matematicamente. É óbvio que juros para classe média é maior", disse Pedro Guimarães,após a cerimônia de transmissão de cargo na presidência do BNDES.

ARROCHO

Na véspera, o presidente do banco disse que a classe média terá juros maiores que os oferecidos nas operações do Minha Casa Minha Vida, programa habitacional que conta com juros subsidiados para a população de baixa renda.

LICENCIAMENTO

Os proprietários de veículos com qualquer final de placa já podem imprimir o Documento Único de Arrecadação (DUA) para o Licenciamento Anual 2019 nos canais de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE). Em cinco dias úteis deste ano, cerca de 5 mil pessoas já quitaram o licenciamento com o desconto de 10% no valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que poderá ser obtido para pagamentos até o dia 28 de fevereiro.

COM DESCONTO

Para maior comodidade dos usuários, o Detran/SE enviará para a casa dos proprietários o DUA com desconto até o fim de janeiro. Caso a correspondência não chegue ao endereço neste prazo, basta buscar os canais de comunicação da autarquia – totens, portal de autoatendimento (www.detran.se.gov.br), aplicativo ‘Detran-SE Digital’ ou os caixas eletrônicos do Banese – para imprimir o boleto.

SEM GORJETA

Há também a opção de pagar o licenciamento no mês correspondente ao final de placa do veículo, segundo a tabela de licenciamento/IPVA 2019. Para isso, também é necessário imprimir o DUA, que poderá ser quitado em cota única ou parcelado por meio de cartão de crédito, através da opção “Pagamento Cartão de Crédito”, no site da autarquia.

ENDEREÇO

Ao escolher o recebimento do documento em casa, o usuário deve estar sempre atento à atualização do endereço cadastrado no Detran/SE. Já nas unidades de atendimento da autarquia, apenas o proprietário do veículo (nome que consta no documento) ou seu procurador legal tem acesso à retirada do Certificado de Registro de Licenciamento Veicular (CRLV).

ANIMAIS

Tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) projeto apresentado por Rose de Freitas (Pode-ES) que regula a guarda compartilhada de animais de estimação nos casos de dissolução do casamento ou da união estável de casais (PLS 542/2018).

BASE

A senadora explica que a proposta se baseia em resolução do Instituto Brasileiro de Direito da Família (IBDFAM), defendendo que “na ação destinada a dissolver o casamento, pode o juiz disciplinar a custódia compartilhada do animal de estimação do casal”.

TRIBUNAL

Ela também cita um acórdão recente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), que ao julgar uma ação referente à posse de um animal após a separação, pontuou que ainda paira sobre o tema “uma verdadeira lacuna legislativa, pois a lei não prevê como resolver conflitos entre pessoas em relação a um animal adquirido com a função de proporcionar afeto, e não riqueza patrimonial”.

JULGAMENTO

Rose também baseia seu projeto em um julgamento recente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), quando o órgão pontuou que “a ordem jurídica não pode, simplesmente, desprezar o relevo da relação do homem com seu animal de estimação, sobretudo nos tempos atuais. Deve-se ter como norte o fato, cultural e da pós-modernidade, de que há uma disputa dentro da entidade familiar em que prepondera o afeto de ambos os cônjuges pelo animal. Portanto, a solução deve perpassar pela preservação e garantia dos direitos à pessoa humana, mais precisamente, o âmago de sua dignidade (Recurso Especial 1.713.167)”.claudio1

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com