Cláudio Botafogo Messias-OnLine-03-12-2018-segunda-feira

GOVERNADORES E EX- PRESOS SÃO BABACAS E NÃO TEM FÉ

 Estou certo de que os ex-governadores e o governador Luiz Fernando Pezão, MDB-RJ, estão presos, porque são uns babacacas. Eles não procuraram o caminho certo. Se fizessem como eu, e assistisse  programas de televisão, estariam soltos e cheios da grana.

No momento, um dos espertalhões está convocando cem mil pessoas, para que cada uma dê R$ 300,00, e ganha a chave de Deus, a chave da prosperidade, para entrar o ano dde 2019 com as portas abertas e nelas vão entrar em sua casa milhares ou até milhões de reais, iates, aviões, motos, carrões de luxo e outros bens. Dezembro é o mês da festa, da grande abertura da porta. Mas você tem mais: por apenas R$ 300,00 ou um pouco mais, você passa uma noite com Deus.

Ligo para outro canal e outro sabido entrevista um casal que estava quebrado, quase pedindo esmolas, mas se lembrou que tinha algumas peças de ouro, relógios de ouro e de outros valores e outros objetos de grande valor, adquiridos em anos de prosperidades e decidiu fazer o ‘SACRIFÍCIO”, se jogar no altar e botou todos seus bens no altar da igreja. Num passe de mágica, os dois recuperaram a vida de riquezas, em menos de um mês compraram uma cobertura de luxo, num dos bairros mais nobres do seu Estado (não disseram onde moram, mas a foto de um prédio belíssimo foi mostrada e é lá que eles estão morando).

Volto para o canal, onde o sabidão vendia a chave do céu e uma noite para quem quiser passar com Deus, e um sujeito dava seu testemunho. Ele devia quase R$ 18 mil reais e estava para perder tudo na Justiça. Decidir ir na Igreja, falou com o pastor e voltou ao banco. Falou com um funcionário e ele disse que não dava para começar a negociação com menos de R$ 1.500,00 e foi falar com o seu superior. Neste interim, o abençoado fechou os olhos, pensou no pastor e o bancário voltou com um boleto e nele constava um valor de exatos R$ 159,28. O bancário falou: se você tiver este valor, a sua dívida será quitada agora. Ele pegou o boleto, pagou e não deve mais nada ao banco. Ou seja, achou um banqueiro santo, que não quer o dinheiro de ninguém e sim dividir a sua riqueza, emprestando milhares de reais e recebendo uma ninharia como pagamento.

O detalhe é que o cara foi tão mal preparado, que ele errou o valor que pagara e tiveram que mostrar um boleto, que não dizia de quem era e tinha o valor dos R$ 159,28.

Se Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Lula e outros bandidos tivessem se jogado no altar, estariam milionários e vivendo em liberdade. Não se jogaram no altar, para fazer o sacrifício e foram jogados na cadeia.

Luiz Pezão foi outro idiota, que não quis dividir o “pão” e se lascou. Está na cadeia.

Você que está devendo, podendo perder casa, carro e outros bens, não perca tempo faça o sacrifício, durma uma noite com Deus e de quebra pegue o saquitel de ouro e coloque todo seu dinheiro nele. Mas contrate logo um carro forte, porque Deus vai lhe dar milhões e você precisará de segurança, para transporte a grana. Ah! Também alugue hangar, marina e outros espaços para colocar aviões, barcos e outros bens que vai adquirir com o sacrifício, abrindo todas as portas com a chave do céu.

Segundo o sábaido, o propósito era inicialmente só para 50 mil pessoas, mas no momento do anúncio o apóstolo disse que recebeu na hora uma revelação de Deus que podia chamar 100 mil pessoas, pois Ele já havia preparado o dobro do inicial para ajudarem ele na campanha.

“Serão cem mil pessoas, não cinquenta mil. É Deus me tocou no coração e já disse, já confirmou que tem cem mil pessoas que vão participar. Ele é quem escolhe”, garante, assegurando que quem der a grana receberá a chave do céu. Ainda dá tempo para os asseclas de Lula, Eduardo Cunha, Pezão, Sérgio Cabral, Gedel Vieira e outros bandidos, fazerem o sacrifício e comprar a chave de Deus. Só não garanto que Deus vai dormir com eles e eles acordaram libertos, descansando em suas mansões em colchões de primeira.

LIBERDADE

O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, assina decreto garantindo liberdade de expressão e pensamento na Rede Municipal de Ensino. A atitude vem na contramão nacional da implantação da ideia da “Escola Sem Partido”, onde foi pautado que alunos estariam absorvendo ideologias políticas e sociais, a partir das crenças dos educadores, o que por si só justificaria se criar normas do que o professor pode ou não em sala de aula. Percebendo uma possível censura no modo de ensinar, o gestor sancristovense determinou que dentro das salas de aulas, o pensamento e as discussões sobre todos os temas permanecerão fluindo livremente de acordo com os professores, alunos e servidores educacionais.

DECRETO

O decreto municipal de número 527/2018, assinado em novembro do corrente ano, estabelece que todos os professores, alunos e funcionários das escolas têm o direito de se expressarem livremente. “Enquanto autoridade máxima do município esta é a oportunidade que tenho de contribuir para frear e servir de contrapeso para esta onda conservadora que avassala o Brasil, e que vem apontando para atitudes drásticas, como essa anomalia da ‘Escola Sem Partido’.

LIVRES

 O que queremos com este decreto é garantir que em São Cristóvão todos os nossos alunos, professores e a comunidade escolar possam ter livre possibilidade de expressão. Essa garantia, que não seria necessária, pois está no artigo 206, inciso II, da Constituição Brasileira, só foi tomada por causa dessa onda conservadora que infelizmente se aproxima cada vez mais do país, tornando o nosso ambiente cada vez mais sombrio. Até no âmbito das famílias vemos essa guerra ideológica, e eu não posso me furtar de fazer algo neste sentido, por isto o decreto vem a ser a mais ampla expressão de liberdade sem a possibilidade de nenhum impedimento ou constrangimento através de utilização de filmagens, por exemplo, destaca Marcos Santana.

CONTRAPONTO

Queremos sim, que nossos professores, alunos, diretores e servidores possam se expressar contrapondo ou divergindo também, pois o que constrói a humanidade é a dialética e a divergência, pontuou,Marcos Santana.

PONTOS

Em suas páginas, o documento sinaliza três pontos que devem sem impedidos: a proibição de opiniões e pensamentos mediante ameaça ou violência; calúnia, difamação, injúria ou atos infracionais e a gravação de vídeo ou áudio (por parte de professores, alunos e funcionários) sem autorização prévia de quem será filmado ou gravado.

AGROTÓXICOS

A comissão especial que analisa a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PL 6670/16) pode votar na próxima terça-feira, 4, o relatório do deputado Nilto Tatto (PT-SP). O parecer propõe, entre outras medidas, a criação de zonas de uso restrito e até zonas livres de agrotóxicos, como áreas próximas a escolas e residências. Também proíbe o uso de produtos considerados extremamente tóxicos e prevê a revalidação dos registros a cada dez anos. Os deputados contrários ao texto prometem obstruir os trabalhos, com requerimentos e discursos que atrasem a votação.

REDUÇÃO

A Política Nacional de Redução de Agrotóxicos é um contraponto a outra proposta (PL 6299/02) que já está pronta para votação no Plenário da Câmara e facilita a liberação de novos pesticidas, mesmo sem testes conclusivos dos órgãos ambientais (Ibama) e de saúde (Anvisa). A reunião será realizada a partir das 14h30. O local ainda não foi definido.

ALDEMÁRIO

O deputado Georgeo Passos (REDE) voltou a solicitar a vinda dos secretários de Estado da Fazenda, Ademario Alves de Jesus, da Saúde, Valberto de Oliveira Lima e da Secretaria de Segurança Pública, João Eloy à Assembleia Legislativa. O parlamentar também destacou o reajuste para os membros do Tribunal de Justiça de Sergipe e do Ministério Público Estadual (MPE).

PRESTAR CONTAS

 “Isso para que os secretários da Fazenda e da Saúde possam prestar contas das suas atividades. Também protocolamos e já foi lido na Mesa Diretora, dois requerimentos de convocação para esta Casa. Esperamos que sejam aprovados pelos colegas e que o secretário de Segurança Pública João Eloy, bem como o delegado de polícia Paulo Márcio possam vir à Comissão de Segurança Pública para a gente abordar a questão dos plantões da polícia civil, bem como das diárias”, ressalta.

RECURSOS

Segundo Georgeo Passos, o volume de recursos é muito alto, o que vem chamando a atenção. “Tendo em vista que várias pessoas não poderiam estar recebendo essas diárias, conforme o próprio parecer da Procuradoria Geral do Estado, bem como a questão do diretor do Departamento Administrativo e Financeiro da Secretaria de Segurança Pública, Jocélio Fróes, que vinha respondendo pelo DAF sem ser nomeado, onde havia sido nomeado um outro servidor público, algo grave que permaneceu por quase um ano. Nós precisamos desses esclarecimentos”, lamenta.

REAJUSTE

O  deputado destacou também o reajuste dos subsídios dos membros do Poder Judiciário e do Ministério Público, que será votado na Assembleia Legislativa. Quando foi aprovado o reajuste pelo Senado Federal para os ministros do STF, eu externei minha posição contrária. Isso tendo em vista a situação fiscal que o país se encontra, pois isso trará um efeito cascata para os demais estados da federação. Depois da publicação da lei sancionada pelo presidente Michel Temer, os membros do Tribunal de Justiça de Sergipe se reuniram e aprovaram esse projeto de lei para ser encaminhado a essa Casa, onde o subsídio mensal do desembargador passa a ser de 35 mil 462 reais e 22 centavos, valores brutos, mas que mesmo o Poder Judiciário e o Ministério Público, essa conta também vem para o Poder Executivo, na parte que atinge a Previdência do Estado de Sergipe, por causa da paridade, enfatizou PasClaudio 09

logo
Rua Dom Bosco, 96 - Cirurgia 
Aracaju-SE - CEP: 49.055-340
Telefones: 79 3214-5421 / 3044-0783
Email: contato@gazetahoje.com